domingo, 7 de fevereiro de 2010

Thulsa Doom - Conan, o Barbaro

James Earl Jones é o vilão dessa obra de arte do cinema. Vou fazer um resumo para aqueles que não viram o filme e expor minha visão:

Thulsa Doom, desde o início, viaja massacrando vilas e povoados em busca do segredo do aço e em uma delas ele poupa a vida de seu algoz, O Cimério Conan. A partir daí Conan cresce e busca sua vingança. Em uma parte do filme, Conan é aprisionado e levado até Doom. Fitando Conan, com um olhar maligno, Doom diz que o segredo do aço não está no metal e sim na mão de quem o controla. Como exemplo ele pede que uma de suas seguidoras pule de cima de uma rocha, e esta sem mais , pula e se espatifa no chão. Então ele mostra que mais vale a força de uma palavra ou crença, que uma arma. Thulsa Doom é derrotado pela força bruta de Conan, mas vence moralmente.Assistam esse filme, quando tiverem oportunidade, um
clássico, com uma trilha sonora fantástica, feita por Basil Poledouris.

4 comentários:

Papai Noel disse...

Belissima resenha ,parabéns Sombra esse é um dos filmes que eu mais vi na minha vida e James Earl Jones na verdade era o melhor ator do filme seu papel de vilão foi muito bem interpretado,na verdade ele salva o filme ,diante da péssima atuaçao do musculoso e acéfalo Arnold Schwarzenegger.

Sombra do Nery disse...

Pior que é verdade... a interpretação de Earl Jones é perfeita.Ele salva o filme mesmo.

Fábio disse...

Tá muito legal esse blog. Parabéns.

Kissus.

Fábio disse...

PAULO NERY PEDREIRO DE MERDA

FILHO DA PUTA

CHUPA MINHA ROLA, VIADO